Gato Novo Em Casa? Saiba Os Cuidados Essenciais Com Seu Filhote

gato

Todo mundo sabe que é muito difícil não se apaixonar pela fofura dos filhotinhos de gato a primeira vista, eles são praticamente irresistíveis. Se você pensa em levar um para casa, aqui vão algumas dicas de cuidado básico para que seu felino disponha sempre de boa saúde e disposição.

Cuidados com o novo morador da casa: Gato

gato

1 – Alimentação

Se o filhote já possui mais de 30 dias de vida, é possível introduzir alimentos mais úmidos, como sachês, e adicionar gradativamente o alimento seco conforme o desenvolvimento do animal.

Caso não seja desejável ao dono oferecer o alimento seco, é bom certificar-se de que os sachês possuam os nutrientes necessários para uma alimentação balanceada. Lembre-se de sempre oferecer água à vontade.

2 – Vacinação e cuidados com a saúde

A dose anual da vacina antirrábica é obrigatória e protege seu bichinho dessa doença, que é uma zoonose fatal. A imunização do gato já pode ter início a partir dos dois meses de vida, e a carteira de vacinação deve ser conversada junto a um médico veterinário.

Há ainda a preocupação com a vermifugação, que deve ser investigada e tratada desde o primeiro mês de vida para que nenhuma parasitose possa afetar suas defesas naturais.

+ Descubra o que o corpo do seu cachorro está querendo dizer.

3 – Caixa de Areia

Oferecer uma bandeja sanitária é de extrema importância, pois os bichanos são animais geralmente bastante limpos e não têm muita dificuldade para aprender o lugar correto de suas necessidades fisiológicas.

4 – Banho

É sabido que gatos não são muito fãs de banho e por cuidarem de sua higiene, a frequência do banho com água e shampoo pode ser bastante espaçada, sendo uma vez por mês o suficiente. Escovar seu gato regularmente é uma prática que ajuda a retirar a sujeira mais grossa e livrar-se de pelos soltos, evitando a regurgitação de bolas de pelo.

5 – Brinquedos

Dê preferência aos arranhadores no lugar de novelos de lã e linhas, pois se ingeridas podem provocar complicações digestivas ao gato. Às vezes materiais simples como caixas e bolinhas de papel são mais que suficientes para garantir horas de diversão.

gato